Rádio e TV Verdes Florestas
Você está lendo »
Publicado em 5 de março de 2017

Porta-voz de Viana diz que BR está fechada por negligência e “interesses de comerciantes inescrupulosos”

O porta-voz do governo do Acre, Leonildo Rosas, disse que o fechamento da BR-364, na ponte do igarapé Ciagana, neste sábado, 04, ocorre em função de negligência e porque “optaram por desconsiderar a importância do limite de pesos para atender aos interesses de comerciantes inescrupulosos. Não foi por falta de aviso, mas preferiram negligenciar. Como era esperado, a BR-364 para Cruzeiro do Sul fechou”, salientou Rosas em sua página no Facebook.

Leonildo Rosas acrescentou que Dilma Rousseff, quando ainda era presidente, prometeu R$ 230 milhões, dinheiro que não chegou a ser liberado. O porta-voz de Sebastião Viana aproveitou para cutucar a oposição que meses atrás prometeu, durante uma visita do ministro dos Transportes ao Acre, que a rodovia seria totalmente recuperada, o que também não ocorreu.
“Aqueles que apoiaram o golpe foram a Cruzeiro do Sul, dentre ele o senador Gladson Cameli, prometer muito trabalho e uma rodovia perfeita. Não foi o que se viu”, diz Leonildo Rosas.

A rodovia está fechada a 21 km da cidade de Cruzeiro do Sul, por causa de um afundamento da cabeceira da ponte do igarapé Ciagana.

Desde o começo da semana, o acesso vinha apresentando sinais de erosão. A situação se agravou nesta sexta-feira e hoje pela manhã um caminhão atolou quando tentava passar pelo acesso.

Uma equipe do Dnit está no local. O chefe do órgão, Thiago Caetano, informou que a expectativa é de que a ponte seja liberada na tarde deste sábado logo após os reparos. Serão espalhadas pedras e depois areia no trecho. O outro plano seria a instalação de uma rampa provisória.

Deixe seu comentário

Mensagem (Obrigatório)